(21) 3400-7605
27
MAY
2014

Link Building e suas novas regras

comentários : 0

O que dizer de Link Building hoje em dia?

Atualmente, muitos profissionais de SEO simplesmente abandonaram a idéia de Link Building, ou apenas desistiram de linkar por que a consideram morta, e pior ainda, dizendo que seus links perdem valor para o algoritmo do Google. Na realidade, isto não é verdade, mas para fazer um bom Link Building é necessário seguir as regras impostas pelo Google, ou então, o problema só persistirá ou vai piorar.

Aqueles que continuam trabalhando com isto e que não receberam advertência ou nenhum tipo de penalização é por que estão seguindo as regras e “jogando” limpo. Então, a chave para um bom Linkbuilding são as regras.

Antigamente, muitos analistas de SEO simplesmente ignoravam as regras do Google que estavam por vir e muitos deles colocavam em pratica o que bem entendiam, enquanto alguns bons analistas sempre alertavam que as novas regras um dia iriam chegar, dizendo que é sempre importante nos preocuparmos não com o que funciona hoje, mas com o que funcionará amanhã.

Índice:

Cuidado com os links sob o seu controle

O melhor lugar para começar é com os links que você controla como, por exemplo, widget links ou links encontrados na assinatura de autor. Por que? Bom, nesses links você tem total controle dos textos âncora e é neste ponto que o Google está trabalhando mais. Futuramente, possíveis penalidades poderão acontecer devido a super otimização exagerada desses links, então tome o máximo de cuidado.

Nunca peça textos âncora

Eric Ward, um famoso link builder, disse uma vez: “Nunca peça textos âncora”. Muitos analistas de SEO querem fazer uma super otimização com os links conquistados, sempre querendo aproveitar o texto âncora para colocar aquela palavra-chave que tanto necessita. O ideal é deixar as coisas acontecerem naturalmente, apenas deixe aqueles que estão te linkando fazer isto da maneira que mais agrade eles.

Evite linkar externamente no rodapé

Está é uma das regras que muitas pessoas andaram violando e que o Google penalizou duramente alguns meses atrás. Apenas evite ao máximo linkar no rodapé, ou melhor, nem faça isso! Links no rodapé possuem nenhuma relevância, exceto navegação.

Evite linkar externamente fora do conteúdo principal

É o mesmo caso do rodapé. Evite linkagem externa através de menus, banners e outros componentes do layout da página que não sejam o conteúdo principal, então procure sempre linkar no texto contendo o assunto abordado da página. Esta é a boa prática, mas sempre existirão as exceções, mas sempre que possível evite isto.

As três razões para não fazer Link Building através destas locais (tanto o rodapé, como menus, banners,…) são:

  1. O Google Penguin (Algoritmo anti-spam do Google) poderá ver eles como links spam.
  2. Alguns textos âncoras encontrados nestas áreas poderão ser penalizados por serem super otimizados.
  3. Rodapés e menus laterais geralmente não possuem muito valor se comparado ao texto descritivo principal encontrado no corpo principal da página.

Continue Fazendo Link Building

Não acabe com este processo de Link Building só por que o Google está impondo regras e penalizando aqueles que não a seguem. O melhor é não desistir e persisitir corretamente para construir links cada vez melhores, pois assim você sairá ganhando em relação aos seus competidores que talvez tenham desistido de utilizar este método.

Tenha foco na distribuição

Procure distribuir seus links entre aqueles que linkam para você. Evite focar apenas em um deles pois desta maneira você não consegue distribuir seus links de uma maneira mais ampla e, desse modo, não conseguir muitas visualizações por estar preso apenas a um parceiro.

Esta é uma das melhores formas de Link Building que existe, visto isso nunca foque a distribuição de links em apenas um parceiro mas em vários deles sempre que puder.

Faça mais que linkar entre seus parceiros

Atualmente isto ainda funciona muito bem, como por exemplo escrever e-mails e procurar por influenciadores. Esta idéia não esta muito longe da distribuição, então procure sempre focar naqueles que tenham relação com o seu conteúdo. Essa é uma excelente oportunidade você conseguir links naturais, sem que você tenha o controle dos textos âncoras e que não escalam.

Valor do link = Qualidade de tráfego

Fique sempre atento a qualidade de um link pois lembe-se que o seu valor é igual a qualidade de tráfego que ele poderá lhe passar, sendo está uma das maneiras que o Google faz o jligamento de seus links. Um detalhe que devemos levar em consideração é que não necessariamente a quantidade de tráfico é o que passará força, mas sim a qualidade. Leve sempre em conta a relevância do conteúdo, pois não adianta nada você falar sobre peças de computador e você conseguir um link em um site de peças automotivas, pois o conteúdo geral de quem te linka não tem nada a ver com o conteúdo do seu link.

Então nunca se esqueça desta regra de ouro para Link Building e foque apenas em conseguir links de qualidade e de relevância para os seus links.

Acostume-se com o NoFollow

NoFollow já faz parte do link building atual então o melhor a se fazer é não ter medo e continuar linkando mesmo que eles não possam lhe passar link juice. Esses links não focam a passagem de texto âncora, mas tenha sempre em mente que o Google vê estes links, mesmo que eles seja NoFollow. Existem evidências de o Google utiliza tais links para fazer o Crawling, então notamos que um link não precisa passar PageRank ou texto âncora para ter o seu valor.

Concluíndo

Lembre-se que seguindo essas regras você estará usando boas práticas de Link Building e levando sua campanha de marketing a um outro nível, então vale muito a pena continuar utilizando este método. Ao fazer isto corretamente, o link nem terá muito valor e você estará fazendo uma excelente campanha de marketing para seus clientes. Então escreva um bom conteúdo, consiga bons parceiros e influeciadores e traga um tráfego de qualidade para o seu site, pois esta é a maneira que o Google quer que você faça e assim todos os lados saem ganhando.

Sobre o Autor
Bacharel em ciência da computação pela UFRJ e pós-graduado em marketing digital pelo IGEC-Facha. Possui 6 anos de experiência como analista de sistemas, desenvolvedor e gerente de projetos, tendo passagens por empresas de grande porte como Embratel, Intelig e Unisys. Possui 5 anos de experiência em marketing digital, com foco em marketing de busca. Foi Co-Fundador e diretor comercial na empresa Intercase e atualmente é CEO da GoTop.

Comente!

*

captcha *